Educação

As propostas para mitigar as falhas em diversos sistemas sociais flutuaram entre as medidas legais e aquelas de investimento em capital. Mesmo reconhecendo que essas demandas são indispensáveis, depender apenas delas tem se revelado ineficiente ao longo das décadas. É inevitável que se conclua que a solução deveria focar na educação e que os resultados só aparecerão na próxima geração.
Do ponto de vista de uma perspectiva quantitativa há aplicações importantes com técnicas de indicadores, como a Análise Envoltória de Dados, para medir o desempenho na educação de base (ver Maria da Conceição Portela), superior e de pós-graduação (diversas teses no PEP/Coppe tratam do tema).
Entretanto, não se pode esperar que a educação venha a contribuir para a melhoria nos resultados sociais apenas em função de técnicas quantitativas – produzir mais do mesmo. Perspectivas inovadoras de desenvolvimento educacional relacionam-se a pesquisas qualitativas em metacognição, técnicas de mapeamento (ver David Hyerle) e teoria da complexidade.

Para selecionar artigos publicados sobre Educação, selecione a metodologia no menu à esquerda.

Para realizar uma pesquisa geral, clique aqui.

 Coppe 50 poli logo nova       PEP mini             logo.po